quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Blogagem Coletiva - Consumo Consciente

real

Alimentação

CLIQUE para enviar para o orkut, seu blog ou para seu Flog

Dicas para combater o desperdício de alimentos


Planeje as compras verificando o que já tem em casa. Opte pelo essencial.

Siga a lista que preparou no supermercado. Procure fazer as compras após as refeições.

Compre verduras, legumes e frutas semanalmente.
Não se importe com pequenas imperfeições destes alimentos.
Adquira na quantidade de consumo da sua família.
Coma primeiro as frutas mais maduras.
Prepare salada de frutas, vitaminas, aproveitando os alimentos disponíveis com criatividade.

No preparo, procure aproveitar integralmente os alimentos, sempre que possível.
Cascas de abacaxi viram suco, talos de verduras enriquecem tortas, sopas, arroz, risotos, etc.

Quanto a comida estiver pronta e na temperatura ambiente, congele o excedente em porções individuais para consumo (uma concha de arroz, feijão, outros grãos cozidos, etc). Se sobrar, diminua a porção até acertar o tamanho ideal.
Congele somente comida fresca. Descongele de um dia para o outro na geladeira ou retire do congelador algumas horas antes de consumir. Nunca recongele.

Em geral, congelam muito bem :
- pratos prontos;
- pães, bolos, tortas e salgados;
- as frutas da estação viram polpa para sucos naturais nutritivos;
- molho de tomates frescos refogados;
- vegetais escaldados e resfriados em seguida por cerca de 3 minutos em cada etapa (pesquise técnica de branqueamento).
Não congelam bem : maionese, saladas cruas, ovos cozidos, batata cozida e creme de leite, entre outros.

Procure colocar no prato somente o que pretende comer. Repita se necessário.

Prefira produtos da estação. São mais baratos e saborosos.

Procure comprar produtos da região. Isto ajuda a diminuir a poluição e as perdas causadas pelo transporte da mercadoria.

Não compre alface, cenoura e outros alimentos para ficarem esquecidos e velhos na gaveta da geladeira.

E mais :

Descarte os alimentos separadamente (lixo orgânico) de outros resíduos como papel, plástico, vidro, metal e outros.

Habitue-se a ler os rótulos dos produtos : prazo de validade, informações nutricionais, calorias, ingredientes, tipos de gorduras, etc.

Procure optar por alimentos e sucos naturais. São nutritivos e geram menos lixo (embalagens de bebidas).

Orgânico ou convencional, todo alimento vindo da feira deve ser muito bem lavado antes do consumo.

Evite frituras e frios embutidos.

Alimentos ricos em fibras que ajudam no funcionamento do intestino : frutas, verduras, nozes, sementes, cereais e farinhas integrais, entre outros.

Evite consumir com grande frequência produtos industrializados/muito processados com excesso de açúcar, sal, gorduras trans, saturadas ou aditivos químicos artificiais (conservantes, corantes, aromatizantes, antioxidantes, estabilizantes e outros muitas vezes indecifráveis).

Em casa faça a "propaganda" das frutas, verduras, legumes e grãos para as crianças aprenderem a fazer escolhas alimentares certas.
Uma alimentação saudável não pode ser baseada em bolachas, salgadinhos de pacote, frituras, carnes gordurosas, guloseimas, bebidas adocicadas, fast-food...

A natureza oferece alimentos que ajudam na saúde, boa forma e longevidade.

Esta página é parte integrante do programa de educação ambiental on-line do portal NATUREBA : www.natureba.com.br .
"Responsabilidade Ambiental na Prática : Combate ao Desperdício e Preservação da Natureza."


2 comentários:

Verinha disse...

Parabéns por mais essa matéria Olímpia, vc sempre muito consciente do seu papel como educadora.Um abraço.

Giulia Princesa da mamãe disse...

Eita muié consciente... Passando para deixar meu carinho... bom fim de semana bjs

Related Posts with Thumbnails